Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




a culpa é dos portugueses

por JM, em 07.01.13

Mataram os índios, derrubaram todo o pau brasil e até foram os portugueses que trouxeram para cá a corrupção. Já passaram quase duzentos anos da independência do Brasil, mas o sangue português que corre nas veias de muitos brasileiros continua a impedir o Brasil de andar para a frente - parece que só os brasileiros é que ainda não perceberam que o gigante adormecido, o país do futuro, acordou. E já lá vão alguns anos.

 

Muita da história que conhecemos é fabricada e desse imaginário surgem alguns dos preconceitos mais difíceis de ultrapassar. Aqui no Brasil, quando se fala na culpa dos portugueses, diz-se que isso aconteceu porque para cá veio toda a ralé, a escumalha, a escória de Portugal. Que aqui se reproduziram ladrões, assassinos e outros que tais e que o sangue deles alimenta tudo o que de mau acontece agora. Se a predisposição para o crime fosse genética, seria uma teoria interessante.

 

Hoje, sem saber, o meu pai inspirou-me este post ao citar Agostinho da Silva, um filósofo português do século XX, curiosamente também ele imigrante temporário em terras de Vera Cruz: "Os portugueses, descontentes com o rumo tomado por Portugal no século XIV mas, sobretudo, no século XV, emigraram tranquilamente e foram fazer lá fora aquele Portugal que não encontraram aqui dentro". Foi assim nos séculos XIV e XV, foi assim no século XX quando ele saiu de um Portugal em ditadura para, por exemplo, fundar a Universidade de Santa Catarina e foi assim sempre. Portugal, para os emigrantes no Brasil e noutros países, sempre foi um país que podia ser muito mais e, porque não cabiam nele, fizeram-se ao mar durante vários séculos. Felizmente, apesar das tentativas, este país não cumpriu o seu ideal e acabou não virando um enorme Portugal.

 

Ainda assim, são identificáveis alguns traços comuns aos dois países, às pessoas dos dois países, e talvez vários defeitos sejam até herança portuguesa. Acho que a culpa é dos portugueses quando os brasileiros dizem que a culpa é dos portugueses, porque também os portugueses acham que a culpa é sempre dos outros. Hoje é dos alemães, antes foi dos americanos, dos espanhóis, dos franceses, dos ingleses, dos mouros. Nunca nossa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:32


16 comentários

De Luís Lavoura a 08.01.2013 às 09:33

Como pode ser isso quando o Brasil é feito por gente de diversíssimas origens. O Brasil é o país com mais pessoas de origem italiana a seguir à Itália, mais pessoas de origem japonesa a seguir ao Japão, mais pessoas de origem libanesa a seguir ao Líbano, mais pessoas de origem ucraniana a seguir à Ucrânia, e o segundo país com mais pessoas de origem alemã a seguir à Alemanha e aos EUA. As pessoas de origem portuguesa são relativamente minoritárias no Brasil.

De JM a 08.01.2013 às 11:34

Sem dúvida, Luís. O Brasil é feito por gente de diversíssimas origens e foi colonizado por gente de todo o mundo, mas o que sobra das aulas de história é a colonização portuguesa. E cá, como noutros países colonizados, os colonizadores não têm grande fama. É um processo relativamente natural.

De Luís Lavoura a 08.01.2013 às 11:53

Então provavelmente o que está errado são as aulas de história. Talvez conviesse elas focarem-se menos na história dos poderosos e mais na história da gente comum, ensinarem às crianças brasileiras sobre as diversas origens dos imigrantes que fizeram o povo do Brasil.
Por outro lado, é verdade que um país pode ter imigrantes de diversas origens mas manter uma matriz cultural ligada ao país colonizador. É o caso dos EUA, que, embora tenham gente de origens muito diversas, antropologicamente são em larga medida uma cópia da Inglaterra.

De JM a 08.01.2013 às 13:25

Bem, mas as aulas de história são a mesma coisa no Brasil, em Portugal e em qualquer outro país. Exageram-se papéis de vítima e de herói conforme convém à propaganda.

Mas no caso particular do Brasil, é muito interessante ver como, de todas as heranças culturais, a portuguesa é mais desvalorizada; se não mesmo a única que é desvalorizada. O caso que o Carlos Fino conta sobre a exposição dedicada ao barroco brasileiro que não tinha nenhuma referência a Portugal é um bom exemplo disso. Aliás, todo o artigo é um bom exemplo disso: http://www.africa21digital.com/colunistas/ver/20028979-portugal-brasil-separados-por-uma-lingua-comum-ou-unidos-por-uma-relacao-especial.

De o facto de ter carlos fino nisso a 19.01.2013 às 04:04

diz muito de portugal y brasil né

colonização mental é forte paca...

Comentar post




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Comentários recentes

  • Anónimo

    Vivo hoje em Portugal e portugueses são todos ment...

  • Anónimo

    When It Comes To Personal Loans * Business Loans e...

  • Anónimo

    Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...

  • clemence

    Boa noite, senhor/senhora,Viemos por esta mensagem...

  • cesar dasilva

    Até 1822 os brasileiros eram todos portugueses. O ...



Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D