Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




a culpa é dos portugueses

por JM, em 07.01.13

Mataram os índios, derrubaram todo o pau brasil e até foram os portugueses que trouxeram para cá a corrupção. Já passaram quase duzentos anos da independência do Brasil, mas o sangue português que corre nas veias de muitos brasileiros continua a impedir o Brasil de andar para a frente - parece que só os brasileiros é que ainda não perceberam que o gigante adormecido, o país do futuro, acordou. E já lá vão alguns anos.

 

Muita da história que conhecemos é fabricada e desse imaginário surgem alguns dos preconceitos mais difíceis de ultrapassar. Aqui no Brasil, quando se fala na culpa dos portugueses, diz-se que isso aconteceu porque para cá veio toda a ralé, a escumalha, a escória de Portugal. Que aqui se reproduziram ladrões, assassinos e outros que tais e que o sangue deles alimenta tudo o que de mau acontece agora. Se a predisposição para o crime fosse genética, seria uma teoria interessante.

 

Hoje, sem saber, o meu pai inspirou-me este post ao citar Agostinho da Silva, um filósofo português do século XX, curiosamente também ele imigrante temporário em terras de Vera Cruz: "Os portugueses, descontentes com o rumo tomado por Portugal no século XIV mas, sobretudo, no século XV, emigraram tranquilamente e foram fazer lá fora aquele Portugal que não encontraram aqui dentro". Foi assim nos séculos XIV e XV, foi assim no século XX quando ele saiu de um Portugal em ditadura para, por exemplo, fundar a Universidade de Santa Catarina e foi assim sempre. Portugal, para os emigrantes no Brasil e noutros países, sempre foi um país que podia ser muito mais e, porque não cabiam nele, fizeram-se ao mar durante vários séculos. Felizmente, apesar das tentativas, este país não cumpriu o seu ideal e acabou não virando um enorme Portugal.

 

Ainda assim, são identificáveis alguns traços comuns aos dois países, às pessoas dos dois países, e talvez vários defeitos sejam até herança portuguesa. Acho que a culpa é dos portugueses quando os brasileiros dizem que a culpa é dos portugueses, porque também os portugueses acham que a culpa é sempre dos outros. Hoje é dos alemães, antes foi dos americanos, dos espanhóis, dos franceses, dos ingleses, dos mouros. Nunca nossa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:32


17 comentários

De cesar dasilva a 26.12.2015 às 06:50

Até 1822 os brasileiros eram todos portugueses. O Brasil era até essa data o país que os portugueses construiram na América. É a esses colonisadores portugueses, vossos ancestrais, e a todos os imigrantes das mais diversas orígens que aí chegaram após a independência, que cabe o mérito ou o demérito de o Brasil hoje ser como é. Portugal é o país dos portugueses que nunca emigraram para o Brasil...e que pouco ou nada têm a ver com o que aí aconteceu nestes quinhentos anos passados. Não seria um absurdo acusar os colonos portugueses do Brasil de todos os males que existem em Portugal? E não será também um absurdo acusar quem nunca foi para o Brasil dos males desse país?
Em 1822 os portugueses do Brasil colonial passaram chamar-se brasileiros...e assim a culpa das suas misérias, passadas e futuras, ficou com os irmãos do outro lado do mar que cometeram a imprudência de não mudar de nome. Não seria talvez má ideia os habitantes de Portugal passarem a chamar-se brasileiros e recuperarem assim a inocência perdida. Ficaria a nossa culpa coletiva entregue aos imigrantes dispersos pelo mundo que mantivessem a coragem e o orgulho de ser portugueses.

Comentar post




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Comentários recentes

  • Anónimo

    Testemunho de um empréstimoConsegui obter um empré...

  • Anónimo

    Vivo hoje em Portugal e portugueses são todos ment...

  • Anónimo

    When It Comes To Personal Loans * Business Loans e...

  • Anónimo

    Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...

  • clemence

    Boa noite, senhor/senhora,Viemos por esta mensagem...



Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D